Todos os posts em Shane Paul McGhie


O ano de 2019 tem sido bastante ocupado para Shane Paul McGhie, o Landon em After. Além de estrear o primeiro filme da saga e filmar a sequência, ele também estrelou duas séries da Netflix, está gravando uma temporada de Deputy, da FOX, e foi escalado para outra série de televisão e mais alguns filmes. Ele não pára!

Entre tantos trabalhos, Shane está colhendo os frutos pela escolha de ótimos projetos. A minissérie da Netflix baseada em fatos reais, “Unbelieveable” (“Inacreditável”, no Brasil), aborda um caso de assédio sexual e estupro que foi julgado nos Estados Unidos. Shane aparece em três de oito episódios. A indicação ao Globo de Ouro foi na categoria Melhor Minissérie ou Filme Feito para TV.

O anúncio dos indicados aconteceu no último domingo, 8 de Dezembro e a cerimônia de premiação vai ao ar em 05 de Janeiro de 2020; em menos de um mês.

“Inacreditável” está disponível para streaming na Netflix Brasil.

Confira os screencaptures de Shane na série em nossa Galeria de Fotos:

SHANE PAUL MCGHIE > SÉRIES & TV > UNBELIEVABLE (2019)
Matéria publicada por: Marcelo Ramos

“Deputy”, novo drama policial da Fox com Shane Paul McGhie no elenco, ganhou um novo trailer publicado no perfil oficial da série no Instagram. 

A série mostra Bill Hollister, um dos policiais mais indisciplinados de Los Angeles, se tornar o novo xerife do condado de Los Angeles, após a morte inesperada de seu antigo chefe. Ao assumir o posto, ele se torna o comandante de mais de 10 mil agentes e lidera uma equipe ambiciosa para que a justiça seja cumprida. Porém, o novo xerife está mais preocupado em capturar bandidos do que fazer política.

Escrito por Will Beall (“Aquaman”) e David Ayer (“Esquadrão Suicida), que também são produtores executivos da atração, a série recebe o apoio oficial do departamento do xerife de Los Angeles.

O elenco inclui: Stephen Dorff, Yara Martinez, Brian Van Holt, Siena Goines, Bex Taylor-Klaus, Shane Paul McGhie e Mark Moses. “Deputy” estreia na FOX em Janeiro de 2020 e deve contar com 13 episódios. Não há previsão de exibição no Brasil até o momento.

Matéria por Marcelo Ramos para o After Brasil

Matéria publicada por: Biah Frazão

Na sexta-feira 13 de setembro, a série Inacreditável (Unbelievable) estreou na plataforma de streaming Netflix, com Shane fazendo parte do elenco.

A série conta a história de uma jovem que é acusada de fazer uma falsa denúncia de estupro. Anos depois, duas investigadoras encaram casos extremamente semelhantes. A história inspirada em fatos reais.

Shane Paul McGhie interpreta o personagem Connor, fazendo parte de quatro episódios; 1×01, 1×03, 1×05 e 1×08.

Não deixe de assistir e apoiar Shane em seu novo projeto!

Matéria publicada por: Douglas Vasquez

Via The Wrap

Ed O’Neill, Da’Vine Joy Randolph, Birgundi Baker e Allison Tolman também se juntam ao cast do filme de Andrew Cohn’s.

A estrela de “The Shape of Water”, Richard Jenkins e o ator de “What Men Want”, Shane Paul McGhie, estão para estrelar em uma comédia sobre trabalho em turnos de um restaurante de fast food chamado “The Last Shift”, de acordo com o que os produtores que anunciaram quinta-feira.

Jenkins e McGhie irão atuar ao lado de Ed O’Neill, Da’Vine Joy Randolph, Birgundi Baker e Alisson Tolman. Todos se juntaram ao cast do filme escrito e dirigido por Andrew Cohn.

“The Last Shift” acompanha Stanley (Jenkins), trabalhando em uma rede de fast food, no qual está se aproximando do seu último turno depois de 38 anos. Quando é pedido para treinar seu novo sucessor Jevon (McGhie), o final de semana de Stanley toma um rumo inesperado.

Park Pictures e Bona Fide Productions, junto com Whitewater Films, estão produzindo “The Last Shift”. O filme é produzido por Albert Berger, Ron Yerxa, Sam Bisbee, Alex Lipschultz e Bert Kern. Os produtores executivos são Jackie Kelman Bisbee, Lance Acord, Theodora Dunlap, Wendy Neu, Franklin Carson, Wendy Vanden Heuvel, Terry Diamond, David Schwartz, John Diamond e Kevin McGrail.

O filme será logo produzido em Chicago.

“No roteiro de ‘The Last Shift’, eu quis melhorar o conceito antigo familiar para algo novo de uma forma surpreendente. Sou grato pela Park Pictures e Bona Fide por enxergarem a mesma oportunidade de explorar esses problemas complexos de raça, classe [econômica] e autoridade, sendo conduzida honesta e autenticamente”, Disse Cohn em uma nota.

“Ficamos fascinados com o roteiro muito engraçado e assombroso de Andrew e entusiasticamente juntamos forças com a Park Pictures, nossos colegas, produtores e o estimado ator Richard Jenkins, que veio colaborar em uma história que destrói a parte inferior da América”, disseram os produtores Berger e Yerxa.

Jenkis é representado pela The Gersh Agency e Bill Treush Management. McGhie é representado por Innovative Artists. Randolph é repesentado pela Paradigm Talent Agency e Lighthouse Entrertainment. Baker é representado por Gray Talent Group e Authentic Talent e Literary Management. Tolman é representado pela UTA e Odenkirk Provissero Entertainment. Neil pela The Gersh Agency e Brillstein Entertainment Partners e Cohn é representado pela Grandview.

Traduzido por Theo Marques para o After Brasil

Shane Paul McGhie é Landon Gibson na adaptação para o cinema de After. Este não é o seu primeiro trabalho para as telonas, mas o primeiro com repercussão mundial. Nesta entrevista exclusiva para o After Brasil, Shane falou sobre como foi interpretar o amado melhor amigo da protagonista, Tessa Young.

Pode nos contar qual foi a sua parte favorita no filme?

Shane: Minha parte favorita ao filmar este filme foi definitivamente trabalhar com estas pessoas. Eu amo amo amo a Anna, jo e o Hero e todo o elenco. Experienciar um projeto que tem uma base de fãs tão grande foi muito legal e interessante e algo completamente novo pra mim. Então, foi muito divertido.

Com as redes sociais tendo um papel tão importante no fandom, fazendo com que o filme e conteúdo dele seja muito desejado, como tem sido pra você interagir com os fãs? Qual é a sua parte favorita nisso?

S: Têm sido incrível. Eu amo que às vezes eu respondo as mensagens diretas — aquelas que os fãs ficam tipo, sei que você nunca vai ver isso e nunca vai me responder e eu respondo com um oi, agradeço pelo carinho. É uma honra poder ter acesso a eles e estes personagens significam muito para os fãs. Estes personagens os ajudaram em momentos difíceis, os inspirou tanto e eles adoram — então uma coisa que me leva apenas dois segundos [como responder às mensagens] pode ser monumental para alguém e isso é o que me surpreende muito.

Landon é um personagem tão importante nos livros e para os fãs. O que te chamou atenção no personagem?

S: Acho que Landon ama com tudo o que ele tem e eu tento fazer isso na vida real com os meus amigos e familiares e é algo que me cativou ao personagem. Ele faz as coisas sem julgamentos o que é muito bom. É algo puro e necessário em uma amizade. Eu amo a dinâmica entre ele e Tessa, o fato de que ele é do tipo protetor e sábio além de sua idade. Foi muito legal de explorar.

Falando em amizades — a amizade entre Landon e Tessa é às vezes descrtia como uma meta. O que na amizade deles torna ela uma meta para tanta gente?

S: Acho que a habilidade que eles dois tem de apenas se divertirem e fazerem piadas sobre eles mesmos — sem pedir desculpas e sem julgamentos. Eles dois amam literatura. O que é ótimo. Eles são inseparáveis. Nós todos temos aquela uma pessoa em nossas vidas que nos conhece melhor do que todo mundo e que vai nos apoiar não importa à que horas da noite, não importa o dia, nem o que está acontecendo. Eles são assim. É por isso que eu acho que é uma meta de amizade.

Em qual aspecto você se relaciona com o Landon?

S: Acho que em algumas coisas. Como eu disse ates, eu tento amar com tudo o que eu tenho. Eu acho que minhas amizades às vezes eu sou o como o irmão mais velho ou o pai sem ser o pai, de certa forma. Sabe o que eu quero dizer? Eu me sinto como uma figura paterna na maioria das vezes muito antes de ser mesmo pai. Eu sou muito próximo da minha mãe também e eu sei que tenho muito dela. A sua empatia por outras pessoas e sensibilidade. Acho que é algo que realmente me conecto.

Já que você se relaciona tanto com ele e tão facilmente, qual foi o maior desafio em interpretar o Landon?

S: Eu não sei o que é particularmente desafiador. Eu não sei dizer ao certo, mas acho que o que tem de mais desafiador neste personagem é que os fãs viveram com esses personagens por tanto tempo e criaram suas próprias ideias sobre o que esperam deles baseados nos livros — as palavras nas páginas. Então é desafiador. É meu dever como artista tentar o meu melhor para representar bem o que eles querem. Então, isso se torna o desafio que você espera se tornar o mais próximo relativamente do possível do que eles imaginaram por tantos anos. Acho que esse seria o meu desafio.

Você leu os livros?

S: Sim, eu li.

Então o quanto dos livros definiu a sua interpretação do Landon? Você chegou a pensar em querer ser muito fiel ao livro ou você foi mais do tipo, quis colocar sua própria essência ao mesmo tempo?

S: Eu li os livros para ter um melhor entendimento do universo. Foram sempre muito claros conosco que estávamos fazendo uma versão que foi tirada do livro e um pouco modificada. Então estávamos fazendo algo baseado nos livros, mas algo também com sua própria identidade, individual. Então estávamos criando. ME ajudou a chegar a este universo, lendo os livros. Mas também estávamos fazendo algo um pouco diferente. Por isso ter a Anna no set ajudou tanto, tínhamos a liberdade de falar com ela sobre as coisas e os personagens neste universo, ajudou muito.

Falando na Anna e sobre tê-la por lá, como foi e você tem alguma história engraçada com ela no set?

S: Foi ótimo. Tivemos várias noites muito longas. Então, claro, quando você passa certa hora da noite e fica um pouco fora de si e meio bobinho e bastante envolvido. Muito disso envolve a mim imitando sotaques seja o britânico ou o australiano. O que foi muito legal é que passamos tempo juntos e não estávamos filmando durante os finais de semana. Nós fazíamos coisas divertidas, como explorar a cidade. Ela é ótima. Este personagem, em específico, é como o bêbê da Anna. Eu definitivamente senti o amor maternal e carinho que foi ótimo. Foi muito bom ter Anna por perto.

Onde você estava quando descobriu que tinha ficado com o papel do Landon? Qual foi a sua reação imediata?

S: Eu estava em Nova York. Estava filmando o filme O que Os Homens Querem. Soube que receberíamos uma resposta se havíamos ou não recebido o papel. Então eu estava ansioso. O projeto estava prestes a finalizar e eu queria muito fazer After. Eu tive algumas audições até aquele ponto. Eu acho que foi um dia depois que havíamos terminado de filmar. Eu estava na Times Square e recebi uma ligação dizendo que eu consegui o papel — fiquei muito feliz. Eu fiquei assustado. É tão interessante, este universo [de After]. Masmo quando haviam apenas especulações sobre quem o interpretaria, os fãs me descobriram e começaram a entrar em contato. Foi um momento muito interessante e maluco. É tão selvagem já estarmos aqui onde tudo acontece, é surreal.

Você sente que alguma coisa mudou desde que você conseguiu o papel, filmou e agora está lançando o filme?

S: Não, eu ainda me sinto como uma criança. Não sei, ainda parece muito surreal e muito excitante e divertido. Espero mesmo que todo mundo goste do filme. Trabalhamos muito e nos divertimos muito também. Espero ter feito justiça [ao livro].

Você e o elenco parecem muito próximos. É assim na vida real?

S: Sim, é. É meio estranho como tudo aconteceu. Eu não sei, o elenco é perfeito. Eu falo com a Jo o tempo todo. Nós conversamos por vídeo, telefone, falamos sobre atuação, vida e tudo mais. Eu vou ver o Sam sempre que posso. Nós nos sentamos juntos, jogamos juntos, praticamos sotaques juntos. É meio que, não sei, é aquela coisa que é muito rara; É raro esta conexão que temos com todo mundo. Foi muito divertido.

E realmente dá pra ver no filme. Vocês se divertiram muito.

S: Ah, você viu!

Sim, você foi incrível.

S: Muito obrigado, realmente significa muito.

Então, qual é a coisa mais importante que você aprendeu sobre si mesmo enquanto filmava este filme?

S: Acho que este é um daqueles personagens que eu levei o máximo do Shane a ele. Acho que alguns papéis existem aquela linha tênue entre eu e o personagem que estou interpretando. Na maioria das vezes, é muito diferente de quem você é, mas este personagem é muito próximo a quem e usou e foi muito confortável trazer a ele um pouco de mim. Aprendi que não é apenas certo, mas algo encorajado. Eu trouxe um pouco de bobeira pra ele. Eu sou Shane, o bobão da turma. E tipo, Landon pode ser também, então vamos fazer isso.

Última pergunta, o que podemos esperar em seguida?

S: Estou trabalhando muito por Atlanta, o que tem sido uma bênção. Acabei de filmar um piloto para a FOX chamado DEPUTY. Então, esperançosamente, isto receberá uma temporada completa se for aprovado. Tenho alguns projetos em negociação agora. Me sinto muito abençoado. Eu realmente estou indo e voltando de Atlanta para Los Angeles, filmando várias coisas diferentes. Espero que o piloto para a FOX seja escolhido e possamos filmar a série. Seria legal.

Entrevista exclusiva do After Brasil com Fangirlish.




Nome: After Brasil / Anna Todd Brasil
Online desde: 19 de Junho de 2014
URL: afterbr.com / annatodd.com.br
Webmaster: Douglas Vasquez
Contato: contato@afterbr.com
Versão: 4.0

O After Brasil é a maior fonte sobre a série no Brasil e no mundo; oficializado por Anna Todd e as editoras e distribuidoras parceiras. Todo o conteúdo do site (fotos, notícias, vídeos e etc) pertencem ao site a não ser que seja informado o contrário. Este site foi criado por fãs e para os fãs e não possui nenhum tipo de fins lucrativos.
com

AFTER
Status: Disponível
Direção: Jenny Gage
Roteiro: Susan McMartin

AFTER: Depois da Verdade
Status: Pós-produção
Direção: Roger Kumble
Roteiro: Anna Todd

Design por Douglas Vasquez Codificado por Uni Design
Hospedado por Flaunt Privacy Policy