Todos os posts em Entrevistas


Matéria publicada por: Douglas Vasquez

Semana passada tivemos a primeira parte da entrevista que a Susan McMartin cedeu ao pessoal do Blog Nosy Girls, e hoje saiu a segunda parte dessa entrevista! Nossa equipe traduziu em primeira mão para vocês:

Nosy Girls: Você acha que os seus primeiros rascunhos, você escreveu de menos ou demais ?

Susan: Demais! Com certeza! [Risos] Meu primeiro rascunho do After … oh meu Deus! Tinha 400 páginas. Quer dizer, não tão longo, mas era longo porque o livro era longo. Senti uma lealdade tão incrível com os leitores e com Anna, então eu queria escrever mais. Eu prefiro retroceder do que escrever de menos e deixar o público tipo  ‘Espere, eu senti falta daquela cena.’ É melhor escrever demais e cortar algumas cenas em vez de escrever de menos e ficar tipo uh-oh.

Nosy Girls: Como você foi escolhida para trabalhar como roteirista para o filme After?

Susan McMartin: Isso é realmente interessante. Eu estava em uma viagem com a minha filha e minha mãe, e antes de eu sair para ir, meu agente me enviou o livro, dizendo que as pessoas de After estavam interessadas em uma reunião comigo e queriam que eu lesse o livro. Então, enquanto eu estava nesta viagem com a minha mãe e filha, estava lendo o livro e simplesmente não conseguia largá-lo. Foi mais perfeito porque eu estava neste belo cenário que é Paris, lendo esta história de amor! Foi tão bom.

Liguei para meu agente e disse, ‘Oh meu Deus, eu amo este livro. Eu amo essa história.‘ Eu me relaciono muito com ele também, porque eu tive um Hardin na minha vida. Eu tive um alto e obsessivo, amor tortuoso com este bad boy! [Risos] Então, eu consigo totalmente me relacionar com a história. E depois de ter feito tanta comédia na televisão, em seguida, escrever o Mr. Church, eu disse que queria fazer uma história de amor, então eu estava inclinada para After!

Eu fui até a Paramount e me reuni com os produtores. Eu disse-lhes as minhas ideias para a maneira que eu faria o filme. Basicamente, a maneira que eu faria o filme é muito parecida com o que o livro é, porque eu amo o livro, e este livro acabou capturando o coração de tantas pessoas. Por que eu iria tentar mudá-lo e torná-lo algo que não é? Então, eu disse aos produtores o jeito que eu queria fazê-lo e eles adoraram! Consegui o emprego e, em seguida, falei com Anna Todd pela primeira vez por telefone. Nós conversamos e imediatamente nós nos demos bem e tínhamos uma conexão. Isso foi ótimo, porque este é o seu bebê e eu queria que ela soubesse que ela podia confiar em mim, que eu não iria transformar essa bela história em outra coisa, ter que passar pela máquina de Hollywood e ter algo totalmente diferente.

Desde então, Anna e eu tivemos uma grande amizade. Ela é fantástica e tem sido tão favorável. Ela leu cada projeto e ficou muito feliz e quando ela tinha algum pensamento ou notas, ela me dizia, mas temos tido muita sincronia.

Nosy Girls: Existe alguma coisa que não está no livro que você queria incorporar no filme?

Susan McMartin: Não tinha tantas coisas que não estão no livro, mas eu senti que eu precisava dar ao relacionamento de Tessa com sua mãe outra camada. Eu queria que a mãe dela fosse mais dimensional em termos de, por que ela era tão tensa e controladora e rigorosa. Falei com Anna sobre isso, sobre dar à mãe de Tessa mais do que um papel secundário, porque estamos lidando apenas com o primeiro livro neste filme. Obviamente, enquanto a série continua, nós aprendemos muito mais sobre todos os personagens. Mas, no primeiro livro você está apenas lidando com o que você sabe, daquela primeira edição, então eu acho que eu dei a mãe dela um pouco mais de textura. Ela tem mais do que um papel secundário.

Nosy Girls: Quais são os próximos passos para avançar no filme, e você tem uma estimativa para a data de lançamento?

Susan McMartin: É frustrante e, acredite em mim, eu sinto a frustração dos fãs. Esperávamos que este filme já ia ser feito. Sabemos o que queremos, todo mundo está pronto, os fãs estão prontos. É tão frustrante que o processo para começar a filmar seja tão lento. Essas são coisas estão completamente e, infelizmente, fora do meu controle. Não tem nada a ver com o roteiro ou nada disso. É todo o material de estúdio que leva tempo.

Posso dizer que o filme definitivamente vai sair, não só este, mas o próximo também. Assim que Jennifer Gibgot e a Paramount der ok, as coisas vão começar a se mover muito rapidamente. Jennifer já falou com diretores e já conhecemos os atores que estamos interessados, então uma vez que tivermos o sinal verde, vai ser rápido. Em seguida vamos filmar, e eu espero que comece as filmagens até o final deste ano, então poderia sair no início do próximo ano. Todos nós estamos prontos e ansiosos para começar.

É tão difícil ser paciente. Anna e eu mandamos mensagens o tempo todo tipo asdfndsngv!

NosyGirls: Você espera que o roteiro continue mudando enquanto estiver sendo dirigido?

Susan McMartin: Vai ser interessante. Isso vai depender do diretor. Tenho certeza de que uma vez que o diretor estiver à bordo, ele provavelmente vai ter algumas observações. Só espero que quem quer que seja tenha os mesmos sentimentos que Jennifer Gibgot e eu mesma, que nós queremos permanecer fiel ao material e não de repente começar a reescrever ou qualquer coisa assim. Eu certamente quero estar tão disponível quanto eu posso para o processo e se qualquer reescrita for necessária, eu vou fazê-la. Se tiver uma cena que não está lá que decidirmos que temos tempo suficiente para fazê-la, eu estarei lá.

Tudo vai depender do diretor e quão envolvido ele quer a escritora esteja. Para o Mr. Church, eu estava lá em cada passo do caminho. Isso nem sempre acontece. Às vezes, diretores tomam suas próprias decisões, mas acho que entre Anna Todd, Jennifer Gibgot e eu, nós somos uma força a ser reconhecida. [Risos] Estou animada para trabalhar no próximo filme também.


Todos os créditos dessa entrevista para o site Nosy Girls!

Transformar um romance amado por mais de um bilhão de corações pulsantes de fãs de todo o mundo em um filme, não é tarefa fácil. Felizmente, os Afternators tem Susan McMartin, a roteirista de talento que com certeza, fará com que todas as belas palavras partilhadas entre Hessa signifiquem algo na tela.

Para todos que aceitaram After em seus corações e passaram pelo mesmo trauma emocional como Tessa e Hardin, esta entrevista com Susan McMartin, vai trazer de volta todos os sentimentos Hessa!

Mãe solteira, McMartin, explica as muitas lutas que ela teve que suportar, o que em última análise, a preparou para a oportunidade de escrever o roteiro de After. Tendo lutado muitas batalhas, McMartin estava mais do que pronta para lidar com a intensidade de escrever uma história de amor traumática entre duas pessoas totalmente opostas.

Curiosamente, ficamos sabendo que McMartin teve seu próprio Hardin – um bad boy notavelmente similar – em sua vida. Isso só faz Tessa muito mais compreensível, permitindo o roteiro ser tão realista em transmitir a história do amor enlouquecedor, isto é, Tessa Young e Hardin Scott.

McMartin se apaixonou por After- todos nós – e gostou de discutir as razões que Daniel Sharman é o melhor Hardin Scott, seu estilo de escrita pessoal, alguns dos maiores momentos do livro, e muito mais.

Todo mundo tem uma imagem em sua mente de como exatamente o filme vai ser, mas ver a adaptação de McMartin do comportamento vulgar de Hardin e a inocência de Tessa ganharem vida na tela grande, será um feito monumental para os fãs de After em todo o globo.

1. Ao começar a escrever um novo roteiro, você tem uma estratégia para entrar nele, ou você simplesmente começa a escrever?

Quando estou escrevendo algo original, eu gasto muito tempo pensando sobre isso antes mesmo de eu sentar e escrever. Eu penso sobre o que é que eu quero dizer, quem são os personagens, eu penso muito. Eu costumo caminhar bastante, bem, então na hora que eu sento para escrever, eu já fiz um monte de escrita na minha cabeça.

Quando estou escrevendo para After, eu absolutamente uso um esboço, há todo um processo para a experiência, mas quando eu estou escrevendo algo original, como o Mr. Church, eu não usei um esboço. Eu sabia que queria escrever uma história sobre essa amizade na minha vida. Eu sabia o que eu queria que o público sentisse, por isso todos os dias, quando eu sentava para escrever, eu apenas deixava os personagens me orientar, o que não funciona para todos.

Então, muitas pessoas seguem um processo rigoroso. Eles vão escrevendo um esboço, e pré-rascunhos. No momento em que eles começam realmente a trabalhar no roteiro, eles mapeam cada detalhe. Eu não gosto de fazer isso. Eu gosto de ser surpreendida e ver onde a história quer me levar.

2. Que gênero você acha mais fácil de escrever, para você pessoalmente?
 
Na televisão, eu fiz a minha vida fazendo muito mais comédia, com ‘Two and a Half Men”, e “Mom”, mas no meu coração e quando estou escrevendo para mim mesma, eu gosto mais de drama.

Eu sinto que os meus dramas sempre têm humor neles, porque eu acho que na minha própria vida, eu usei humor para conseguir passar por alguns dos meus momentos mais sombrios. Gosto de histórias baseadas em personagens reais, histórias que não são focadas muito em ação, mas mais histórias emocionais.

3. Quando você estava escrevendo o roteiro de After, qual personagem foi mais fácil para você escrever?

Eu acho que a Tessa. O cara que eu era obcecada é tão parecido com o Hardin, que eu gosto de escrever ele, porque eu realmente entendi aquela luta, de um cara que se apaixonou, mas não se permitirá realmente se apaixonar, e depois, também tem esse segredo horrível.

Mas, eu acho que a Tessa, porque eu posso me identificar com ela. Experimentando a liberdade pela primeira vez, estar longe de sua mãe, e seu despertar. Seu despertar em todos os sentidos, e depois se apaixonar. Eu os amo muito e eu a amo. Eu amo que ela é forte e ela é inteligente, e ela está apaixonada, mas ela não é uma idiota. Ela não é fraca e eu realmente adoro isso nela.

4. Uma vez se juntando à equipe de After, você se surpreendeu com a enorme fã-base que já existia?

Sim, eu não tinha ideia! Eu realmente não tinha mergulhado meus pés no mundo da mídia social, porque além da minha coluna no meu site, eu realmente não tinha tweetado ainda, ou qualquer dessas coisas. Então, quando eu li o livro e eu vi a quantidade de seguidores que ele tinha, eu estava fascinada.

É tão engraçado porque eu estava lendo tudo dos fãs e um dia, eu decidi postar um vídeo para me apresentar. Esses fãs apoiam tanto Anna e este livro e eu quero que eles sintam que podem confiar em mim com esse projeto. Então, eu postei um vídeo no Facebook e foi a melhor coisa que eu fiz, porque imediatamente eles tiveram uma conexão comigo também. Fiquei tão comovida pela demonstração de amor, e é tudo por causa de Anna Todd. Eu sou como a sua irmã postiça! [Risos] Eu herdei sua família.

Eu estava tão comovida com o entusiasmo e o carinho em todos os lugares ao redor do mundo. É simplesmente incrível. Isso mostra que boa história de amor não tem nenhuma barreira de línguas. Ele nos une. Então, agora eu amo fazer esses posts. Então, uma vez que o roteiro foi entregue, não havia mais muitas atualizações para fazer e eu me senti mal, mas de vez em quando eu tento fazer um vídeo e deixar os fãs saberem que tudo ainda está acontecendo.

Quando Anna e eu estamos juntas, é engraçado porque nós duas estamos em nossos telefones e estamos rindo. Ela é tão incrível, porque ela é tão boa em ficar conectada com as pessoas 24/7. Eu nem sei como ela faz isso.

5. Qual é sua parte favorita no livro After?

Eu tenho tantas. Eu amo a cena do lago, a primeira vez que eles vão lá. É tão romântico e também é tão real, a maneira que a Anna escreve a Tessa ter seu primeiro orgasmo, apenas sendo tocada por um rapaz. Fez-me lembrar aqueles sentimentos que eu tinha e eu acho que Anna escreveu de uma maneira tão bonita e honesta e sexy, mas também inocente.

Eu também adoro o casamento quando dançam juntos. Há tantas cenas que eu realmente, realmente amo. Na verdade, eu adoro quando eles estão na sala de aula e Tessa e Hardin estão brigando. Eles estão falando sobre literatura, mas na realidade eles estão falando sobre si mesmos. Eu amo tudo isso.

6. Existe mais pressão em escrever o roteiro de um livro que tem sido tão admirado por fãs em todo o mundo?

Sim, havia muita pressão. E não de fora, eu colocava tudo em mim mesma. Houve momentos em que eu recebia uma nota do estúdio, da Paramount, no roteiro, e eu queria brigar contra eles. Eu diria “Vocês não entendem.” Eu quero ser fiel a esses fãs. Eu era protetora dos fãs e sua própria lealdade para com a história, é por isso que o roteiro é tão parecido com o livro. Você não vai assistir a este filme, e ficar tipo, “Uau, isso não é nada como o livro.” Eu fui ferozmente leal ao livro.

Eu sei que se eu me apaixonar por um livro e então eu ver o filme, e ele não representar o livro ou mudar muito, eu ficaria tão desolada e decepcionada. Eu nunca iria querer fazer isso com os fãs ou com a Anna. Por que eu iria mudar se é uma história tão boa? Por que tentar transformá-la em algo mais?

Eu coloquei muita pressão sobre mim mesma. É por isso que o primeiro rascunho demorou tanto tempo, porque eu estava lutando com o que cortar. Eventualmente, eu tive que cortar coisas. Eu tive realmente que escolher e ter o cuidado de não tirar algo que os fãs realmente amam.

O maior elogio foi, Anna Todd lê-lo e ficar tão feliz. Se ela está feliz, então os fãs ficarão felizes, porque ela era muito vocal. Ela dizia “Faça isso! Você tem que colocar isso!” Ela é tão protetora dos fãs, bem, então eu adoro isso. Eu não quero ser essa pessoa que eles vão falar, “Oh meu Deus, Susan McMartin nos ferrou! “[Risos]

7. Quais são as principais qualidades que Daniel Sharman tem, que você acha que poderia realmente trazer o melhor de Hardin Scott?

Meu Deus. Bem, obviamente ele é super sexy e super misterioso. Ele tem essa qualidade, onde ele pode ir de, um olhar suave e vulnerável a ser realmente duro e fechado. Ele tem essa capacidade. Em pessoa, ele é muito carismático, muito sexy. Como quando eu o conheci, meus joelhos tremiam, eu estava tipo, oh meu Deus. Ele é um sonho, e você quer conhecê-lo.

Ele também é realmente um ótimo ator. Anna Todd e eu, o vimos fazer uma peça e nós estávamos admiradas. Anna o conhece muito bem, eles se tornaram muito próximos e eu estava apenas admirando-o e observando-o. Ele é um ator tão incrível. Penso que, para este filme, esse papel, você quer um ator realmente forte. Ele tem que passar por tantas emoções no filme e por tudo isso, ser portador de um segredo horrível. Você também quer que o público o ame, ter um forte ator que possui todas essas cores diferentes é realmente importante.

Ele ama o projeto também, o que é importante. Você quer ter um ator que leu o livro e o entende e pode dizer “Oh, eu entendo totalmente  este personagem.” Então, eu acho que ele vai ser incrível, e ele é super doce em pessoa. Muito humilde, e é realmente um grande cara.

Eu acho que ele é perfeito. Quando After for feito, eu acho que todos nós estamos esperando que seja com o Daniel – ele é quem todos nós queremos e eu não posso imaginar qualquer outra pessoa como Hardin! Todo mundo está na mesma página.


Muito obrigada ao pessoal do blog nosygirlss por nos convidar a traduzir essa entrevista.

Sigam eles no instagram clicando aqui

Matéria publicada por: Douglas Vasquez

Nessa última semana, nossa querida criadora, Anna Todd, esteve na Espanha, e em sua passagem por lá, ela deu uma entrevista para a revista Bravo. Anna respondeu algumas perguntas de fãs, e como sempre Anna deixou escapar algum segredinho, e dessa vez é que, o filme After já tem um diretor, e o melhor de tudo, É MULHER:

Quando estreia o filme After?

Anna: Tem muitas coisas que são segredos. Mas eu posso dizer que a roteirista, Susan McMartin está trabalhando no segundo livro, não posso dizer o porquê, ou nada mais sobre isso. Eu espero que nos próximos dois meses nós teremos novidades. Temos quase confirmado a diretora, que é brilhante, é uma jovem mulher, o que é importante para entender os jovens. Eu não quero alguém que não entenda sobre sentimentos e emoções.

E também para muitos leitores que se perguntam qual o significado da tatuagem do Hardin, eis a resposta:

Qual o significado da tatuagem de After?

Anna: No começo não significava nada, era apenas um símbolo típico que todo mundo tinha. Eu tenho vários. No Hardin era tipo uma ironia, ele é o cara bad boy que tem um monte de tatuagens sombrias,  e logo um símbolo do infinito. E a Tessa se dá conta disso, e no final acaba tendo um significado. que é o amor infinito entre eles.

Em sua passagem pela Alemanha, Anna disse também em uma entrevista, que a Paramount Pictures está trabalhando na papelada do filme, e que provavelmente teremos 4 filmes de After! QUE DEMAIS!!!

Agora só nos resta esperar (um pouco mais) e ter paciência (um pouco mais).

Veja o vídeo, ainda sem legenda, da entrevista que Anna deu para a revista BRAVO:

Matéria publicada por: Douglas Vasquez

Anna Todd está na Alemanha para fazer a divulgação de seu novo livro ‘Before Us’ e com isso muitas entrevistas estão saindo, o que nos deixa muito feliz!

Confira abaixo a entrevista feita pelo pessoal do site Transatlantik :

Novo penteado do Harry Styles:

Eu gosto, eu realmente gosto. É definitivamente uma grande mudança. Eu sempre amei todo seu cabelo. Por muito tempo, eu adorei. Eu sinto como se o cabelo comprido lhe deu algum tipo de confiança que eu acho que ele realmente não tinha antes. Eu sinto que ele tornou-se mais de si mesmo. […] Então, quando ele cortou foi tipo, oh eu espero que ele ainda se senta confortável. Mas então eu vi e eu estava tipo: uau, ficou muito bom!

Você não quer estudar literatura?

Nããão. Eu não sei por quê. É estranho e eu amo ler, eu nunca amei livros que nós éramos forçados a ler.

Qual é o seu lugar favorito para escrever e em que momento do dia / noite?

Eu costumava escrever à noite, mas agora eu estou indo para a cama cedo. Então, eu diria, no início do dia, do lado de fora da minha casa. […] Eu gosto de escrever em torno de pessoas, como em uma loja de café.

Quando você começou a escrever a série After?

Eu tinha 24 anos então, 3 anos atrás.

E quando você começou a escrever mesmo?
Eu só comecei a escrever tipo um ano antes, mas eu não sabia que eu estava realmente escrevendo. Você sabe o que são Imagines? Eles são como mini fanfictions no Instagram. Tudo começou assim: imagine que você encontra com o Harry Styles em público … Os meus eram, naturalmente, sobre Harry. Eles eram terríveis. Era sobre uma fã que encontra o Harry e dois meses depois eles se casaram. Foi muito ruim. […] E é aí que o Imaginator1D veio. Mas isso foi a primeira coisa que eu escrevi. Além de dissertações na escola.
Você já planejou mais livros no universo After?
Não, eu acho que não. Mas eu tenho um outro livro, eu não posso dizer a vocês sobre o que é, porque nós não anunciamos ainda. Mas não é After. Eu não quero nunca apenas escrever livros só porque eu sei que as pessoas iriam comprá-los. Eu não quero ser aquele tipo de escritor que faz isso.
E o livro que será publicado em breve, é no mesmo gênero?
Poderia ser Young Adult, mas é muito ‘escuro’. Será como um Young Adult, mas os personagens são realmente jovens. O mais velho é de apenas 17. Haverá romance e coisas. Eu gosto de escrever sobre os jovens que fazem coisas de adultos.
Vivo ou morto: O autor você gostaria de conhecer?
Eu diria, Cassandra Clare.
Que livro é o seu favorito?
‘Princesa Mecânica’. […] É aí que o nome de Tessa veio!
Jane Austen ou Emily Brontë?
Eu acho que Jane Austen. […] É difícil. ‘O Morro dos Ventos Uivantes’ é muuuuito bom. Eu gosto de coisas mais escuras. Se eu tivesse que escolher entre ‘Orgulho e Preconceito’ e ‘O Morro dos Ventos Uivantes” eu escolheria ‘O Morro dos Ventos Uivantes”. Mas acima de tudo eu diria que Jane Austen porque eu amo todos os seus livros.
Você já foi a concertos da 1D?
Sim, eu fui a três … Foi muito legal!
Você acredita que eles vão ficar juntos de novo?
Não, não … No início, um pouco, talvez por um mês. Mas eu entendo porque eles vão dizer isso. Mas estou feliz por todos eles e eu prefiro não vê-los na banda, se eles não querem estar, e fazendo que os faz feliz. E eu acho que eles tiveram um bom tempo, mas eles querem fazer outras coisas e o mesmo com Zayn. No começo eu pensei ‘como você pôde fazer isso?’, E então eu estava tipo ‘ele não estava feliz “. Então…
Você prefere, “Drag Me Down”, ou, “Perfect”?
Hmm, eu acho ‘Perfect’, mas eu amo ‘Drag me down’, também… escolha difícil!
Você é mais um gato ou um cachorro?
Cachorro.
Vamos supor que você não gosta de ketchup como Tessa.
Não, eu não gosto de Kstchup.
Mas, você gosta de mostarda?
Sim, eu gosto de mostarda!
Chá ou Café?
Café.
Você prefere botas de caubói ou motociclista?
Motociclista.
Quantas tatuagens você tem?
Hmmm … Eu continuo faznendo. 9 e meia. A pela metade costumava ser uma runa de Cassandra Clare, mas começou a desaparecer.
Nós nos perguntamos se o seu marido é um bad boy tatuado como Hardin?
Ele é tatuado mas ele não é um bad boy, não mesmo. Ele é ainda mais simpático do que eu, e eu acho que sou simpática. Ele é realmente suave, ele é igual o Landon mas com tatuagens de Hardin.
O que você está lendo no momento?
Estou lendo “It Ends With Us” por Colleen Hoover. Estou quase terminando e é realmente difícil.
Qual gênero que você mais gosta?
Eu leio de tudo. É difícil agora, especialmente porque eu não tenho muito tempo para ler, fico assim mais exigente, eu acho.
Matéria publicada por: Douglas Vasquez

No dia 30/05, Anna Todd fez um Live Chat direto da Alemanha. Anna deu alguns detalhes sobre o filme e o roteiro, sobre Daniel Sharman e Indiana Evans, seus projetos futuros, música e muito mais.

Confira o vídeo legendado pela equipe do nosso site:




Nome: After Brasil / Anna Todd Brasil
Online desde: 19 de Junho de 2014
URL: afterbr.com / annatodd.com.br
Webmaster: Douglas Vasquez
Contato: contato@afterbr.com
Versão: 4.0

O After Brasil é a maior fonte sobre a série no Brasil e no mundo; oficializado por Anna Todd e as editoras e distribuidoras parceiras. Todo o conteúdo do site (fotos, notícias, vídeos e etc) pertencem ao site a não ser que seja informado o contrário. Este site foi criado por fãs e para os fãs e não possui nenhum tipo de fins lucrativos.
com

AFTER
Status: Disponível
Direção: Jenny Gage
Roteiro: Susan McMartin

AFTER: Depois da Verdade
Status: Pós-produção
Direção: Roger Kumble
Roteiro: Anna Todd

Design por Douglas Vasquez Codificado por Uni Design
Hospedado por Flaunt Privacy Policy