Sejam bem vindos ao After Brasil | A sua primeira , maior e melhor fonte sobre os livros da escritora Anna Todd no Brasil
Billboard: Pia Mia lança single de verão inspirado em sua ilha, ouça CRYBABY
POSTADO POR Douglas Vasquez EM 21.Jun ARQUIVADO EM:Música Pia Mia

Por Evan Real para a Billboard

A estrela pop lançou/soltou na noite de quinta-feira (20 de junho) “Crybaby”, um brilhante e arejado single de verão e com o rapper Theron Theron. A música – produzida por ‘The Futuristics’ ((o mesmo de) Camila Cabello, Halsey) – usa uma uma exploração otimista da reputação de Pia, junto com seus diferentes lados como artista.

Com vocais cristalinos, a cantora de 22 anos canta: “Eles dizem que eu sou perfeita, eu acho que não sou / Eles dizem que eu sou gângster, eles dizem que eu sou pop / Eles dizem que eu estou tentando ser algo que eu não sou / Uma coisa que eu sei é que eles dizem muito.” Mais tarde ela canta: “Eu apenas fui mal interpretada / estou aqui fazendo o melhor que pude”.

Com uma afinidade por vários gêneros musicais, Pia construiu todo tipo de música – desde r&b, clubes de sucesso como o “Do It Again”, de 2015 e até “Bitter Love”, a “dreamy ballad” que ela lançou na primavera como o hino oficial de “After”, o qual ela fez sua estréia no cinema. Adicionando a sua discografia eclética, “Crybaby” em si é uma batida de verão inspirada pela educação de Pia em Guam.

Abaixo, Pia conversa com a Billboard sobre a criação de “Crybaby”, que marca seu último lançamento como artista independente desde que deixou a Interscope Records no final de 2017.

Billboard: Por que “Crybaby” parece a continuação perfeita de “Bitter Love”?

Pia Mia: “Crybaby” é uma continuação da minha jornada na vida, tanto pessoalmente como como músico. finalmente está começando a se sentir o verão e é a música perfeita para se dirigir em seu carro, se preparar para sair à noite ou apenas passar o fim de semana com os amigos. Isso faz você se sentir bem.

Como você descreveria seu processo colaborativo com o The Futuristics?

Eu escrevi essa música com Theron e nós tivemos uma produção leve. Uma vez que eu cortei, eu sabia onde eu queria que a produção fosse, então nós enviamos para algumas pessoas diferentes para mixar. Quando obtivemos as diferentes versões de produção, a versão do Futuristics me conectou mais!

Por que era imperativo apresentar Theron Theron nessa música?

Quando nós escrevemos originalmente essa música, Theron tinha um verso e eu amei a sensação da ilha que ele adicionou ao “Crybaby”. Eu sou de Guam e ele é de St. Thomas, então foi um ajuste natural.

Qual é a mensagem geral de “Crybaby?”

Para mim, é que todos nós vivemos em uma sociedade de julgamento e o resultado é que somos todos iguais, mas também queremos deixar a mensagem “Crybaby” aberta à interpretação dos ouvintes. Estou ansiosa para ver como todos se relacionam com isso.

Tradução por Letícia Collin para o After Brasil

LAYOUT POR : MELISSA S. & GABRIELA G. • SOME RIGHTS RESERVED AFTER BRASIL • HOSTED: FLAUNT.NU
COM