Sejam bem vindos ao After Brasil | A sua primeira , maior e melhor fonte sobre os livros da escritora Anna Todd no Brasil
O que há nas prateleiras de Anna Todd, Josephine Langford e Hero Fiennes Tiffin?
POSTADO POR Anne Meyer EM 10.May ARQUIVADO EM:Anna Todd Entrevistas Hero Fiennes-Tiffin Josephine Langford

Entrevista original por That Shelf.

After não é apenas um filme, é um movimento. Você poderia descrever After como um drama romântico, ou você pode dizer às pessoas que ele é baseado em uma série de romances New Adult, mas você estaria fazendo o fenômeno After um desserviço. É um juggernaut (tipo de fanatismo) da cultura pop que só poderia existir na era da mídia social, e o filme tem uma história infernal de origem.

Então, se você não está sabendo sobre todas as coisas de After, vamos te contar.

After é dirigido por Jenny Gage e adaptado do romance mega-popular de Anna Todd. Conta a história de uma boa adolescente chamada Tessa, que vai para a faculdade e conhece um “bad boy” chamado Hardin. Tessa já tem um namorado, Noah. Hardin tem tatuagens e ambos têm química. Então um relacionamento tumultuado surge.

Em 2013, Todd começou a escrever fanfiction de One Direction no Wattpad , uma plataforma on-line que conecta leitores e escritores. Suas histórias sobre os garotos da banda, Harry Styles, Niall Horan, Liam Payne, Louis Tomlinson e Zayn Malik, atraíram um grande público e fizeram com que Todd fizesse um livro. Sua fanfiction sofreu mudanças por motivos legais. Essas histórias do One Direction tornaram-se After, e o personagem de Harry se tornou Hardin Scott. Hoje, a série After abrange vários livros, incluindo um prequel, um spin-off e agora um longa-metragem. Então, quão popular é o trabalho de Todd? De acordo com os números on-line, ela foi lida mais de um bilhão de vezes.

Todd está atualmente em turnê pelo mundo promovendo o lançamento de After. Ela passou por Toronto na semana passada junto com as duas estrelas do filme, Josephine Langford (Tessa) e Hero Fiennes Tiffin (Hardin). Nos encontramos no centro de Toronto e discutimos sobre o fandom de After, adaptação da história para o filme e, como sempre, o que eles têm em suas prateleiras.

Com tantas conversas em torno das duas primeiras filmagens do filme, perguntei ao trio sobre quais aspectos de seu filme ficaram fora do radar. “Há tantas pessoas envolvidas em fazer um filme. Tantas pessoas maravilhosas” – disse Langford. “Não nos perguntaram muito sobre nosso figurino ou sobre nossos maravilhosos cineastas.”

“Eu acho interessante que cada personagem tenha sua própria paleta de cores”, acrescentou Todd. “Eu acho que eles [os espectadores] percebem isso visualmente, mas eles não entenderam que perceberam. Foi uma decisão consciente para Tessa estar em tons pastel e Hardin para ser vestido de preto. Mas preste muita atenção e você notará que mesmo o elenco de apoio tem combinações de cores consistentes; Steph (Khadijha Red Thunder) está em vermelho, Molly (Inanna Sarkis) em rosa, Noah (Dylan Arnold) em tons de azul claro.

Perguntei a Todd como ela combinava os personagens com suas paletas de cores. “Exatamente com qual é o estereótipo de uma cor”, respondeu Todd. “Steph, ela tem cabelo vermelho, ela é muito fogosa, ela é muito enganadora, ela é meio barulhenta. Já com Noah, ele é doce e gentil, e calmo, ele é azul claro. Hardin é apenas uma alma negra – acrescentou ela com uma risada. “Não, estou só brincando. É uma piada do livro que não entrou no filme. Ele veste muito preto. Tessa é doce e gentil, então pastéis.

A antecipação da adaptação de After está em alta. Chamar os fãs da série de apaixonados é como dizer que Steph Curry pode jogar bola. Como o toque de tiro de Curry, o randomizado de After existe em um outro nível. Esse fandom de nível alto vem com sua parte de desvantagens; a divulgação de nossa entrevista ficou em segredo para evitar atrair uma multidão. Eu perguntei ao trio sobre as mudanças positivas que vieram depois de alcançar um público totalmente novo. “Apenas uma enorme quantidade de apoio de fãs que vão apoiá-lo em tudo que você faz”, Fiennes Tiffin respondeu rapidamente. “Apenas o apoio encorajador e lisonjeiro.”

“É como ter mil ou vários milhares de pequenas empresas de marketing”, disse Todd. “Nós tivemos fãs indo até o campus universitário e pendurando cartazes de After por todos os lados. Então, é como um time de rua que apenas faz isso pela paixão, e eles não estão preocupados necessariamente com números ou qualquer uma dessas coisas. Eles são apenas apaixonados.

“Eu sinto que a Anna tem sido tão interativa com os fãs, há muitas coisas sobre o filme em que ela lhes fez uma pergunta, e eles responderam à essa pergunta”, Fiennes Tiffin acrescentou. “Eles genuinamente têm algo a dizer sobre o filme. Eles são mais do que pessoas de fora que apreciam isso. Eles estão realmente nisto.”

A série After vem ganhando força há mais de meia década, e os fãs passaram a maior parte do tempo com suas próprias noções de elenco de personagens do livro. Eu perguntei a Langford e Fiennes Tiffin como eles se mantiveram fiéis às origens de Tessa e Hardin enquanto ainda faziam os personagens serem seus.

“Quando li o livro, tive muita sorte de ser tudo da perspectiva de Tessa. E assim, imediatamente lendo, senti que podia me conectar com ela e entender o que ela pensava ”, disse Langford. “E então, lendo o roteiro, entrei nele com o personagem que eu já tinha na cabeça graças aos livros”. Mais tarde, ela acrescentou: “Ter o livro foi incrivelmente útil na tradução do personagem.”

Fiennes Tiffin mais tarde seguiu: “Eu diria que ter Anna no set todos os dias foi perfeito… Isso dá a você muita liberdade para testar os limites do personagem, e ela simplesmente estaria lá para dizer: ‘Sim, isso é onde esse aspecto para. Esse diálogo constante que tivemos me deu muita liberdade para explorar e empurrar o personagem para seus limites [enquanto] permaneceu fiel ao círculo em que ele realmente está.”

“Essa é uma ótima pergunta sobre colocar sua marca em algo onde há expectativas envolvidas com o material”, disse Langford. “E eu acho que você só tem que fazer escolhas e ter confiança nessas escolhas e não se sentir pressionado ou inseguro sobre o que está fazendo e se certificar de que você está fazendo o personagem do seu jeito.”

Depois, o elenco e a equipe foram trabalhar todos os dias com as enormes expectativas da franquia no fundo de suas mentes. Para este filme, sucesso significa agradar o estúdio, os leitores de livros e agora os espectadores. Eu perguntei sobre que tipo de dúvidas eles enfrentaram enquanto filmavam o filme. “Eu gosto de ser bastante realista comigo mesmo, acho que não diria que duvido de mim mesmo, mas acho que todos os dias preciso fazer o melhor que posso”, disse Fiennes Tiffin.

Fiennes Tiffin acrescentou: “Isso é algo que muita gente mataria para fazer e para ter certeza de que, em tudo que faço, faço o melhor que posso. Então eu sinto que entender que você nunca alcançará a perfeição, lembra você de sempre lutar por isso. Isso faz sentido? Mas sim, 100% eu não acho que estamos prestes a derramar todas as nossas dúvidas e inseguranças em uma página que será compartilhada ao redor do mundo, mas eu sei que posso falar por esses caras. Todo mundo faz, se eles admitem ou não.

Eu não podia deixar Todd, Langford e Fiennes Tiffin irem sem perguntar a eles que posses valiosas estavam em suas prateleiras. “Eu colecionei muitas coisas ao longo da minha vida, e acho que é mais ser uma acumuladora do que ser apaixonada por elas e então eu tentei parar com isso”, disse Langford. “Apenas filmes. Eu amo filmes, tenho uma coleção de DVDs na minha estante ”.

Fiennes Tiffin seguiu com: “Bem, nesta turnê recebi muitas coisas de futebol de cada lugar que estivemos. É tão bom ter essas coisas, só um pouquinho de cada lugar, sabe? A, novidade… ter boa memória disso. Então, sim, acho que vou continuar essa tradição e conseguir um coisas de futebol de onde quer que eu vá.

Todd me disse: “Eu tenho um milhão de livros nas minhas prateleiras, mas eu tenho uma coisa em que quando eu comecei a viajar, ou se eu vou a um lugar que eu não tenho, eu recebo uma cópia do meu livro favorito nessa língua. E eu tenho todo esse tipo de santuário para este livro de Cassandra Clare que está em todas as línguas na minha estante. Eu pegava uma camiseta para o meu filho e depois um livro de qualquer país, naquela língua. Se eu fosse para a Espanha, teria a versão catalã, se estivesse em Barcelona; obter a versão em espanhol em Madrid. Então, eu tenho muito disso ”.

Perguntei a Todd sobre o que seu livro favorito fala. “Só tem tudo”, disse ela. “Tem romance, tem esse intenso romance entre personagens inteligentes. Às vezes, no romance, é difícil encontrar essa intelectualidade.. Acho que autores tentam fazer personagens estereotipados e assim os personagens em série de livros, são tão inteligente da sua própria maneira, e cada um tem seu próprio conjunto de passatempos, e eles estão vivos e eles também literalmente salvam o mundo.

É fantasia, é romance, tem muita profundidade familiar, é Princesa Mecânica . É a série Peças Infernais, mas especificamente este livro. E você vai rir, chorar, literalmente querer separar as páginas. Acho que joguei esse livro do outro lado da sala muitas vezes. Como eu terminei com isso. E então eu corria e pegava de volta. Literalmente, cada emoção é contada de maneira tão detalhada”.

Tradução por Anne Meyer, After Brasil.

LAYOUT POR : MELISSA S. & GABRIELA G. • SOME RIGHTS RESERVED AFTER BRASIL • HOSTED: FLAUNT.NU
COM